terça-feira, 12 de julho de 2016




"Ele se apaixonou pela médica. 
Viveu saudável, o resto da vida.
Ele se apaixonou pela cozinheira. 
Comeu bem, o resto da vida.
Ele se apaixonou pela professora. 
Adquiriu  conhecimentos sobre 
artes, ciências, matemática, literatura e filosofia... 
para o resto da vida.
Ele se apaixonou pela poeta. 
Se tornou imortal, em cada verso dela."


Autoria atribuída a
Brendow H. Godoi


sexta-feira, 1 de julho de 2016

AMOR DA ESPERANÇA - José Armando Rodrigues de Sousa




Quando se está num deserto abandonado
Quando se está num caminho escuro
A vida nos oferece um alento emocionado
A esperança renasce com um amor seguro

Quando encontramos algo esplendoroso
Quando nossa vida começa a deslumbrar
É sinal que saímos de um lugar ardoroso
É sinal que devemos nos animar

Gostar de alguém com muito fervor
É a esperança que começa vingar
É uma ansiedade de um grande amor

É tudo que sonhamos de um melhor amar
Mas a esperança pode deixar uma dor
Porém eu não consigo jamais te deixar.



José Armando Rodrigues de Sousa
Professor, poeta e escritor
Membro da Academia Sertaneja de Letras, Educação e Artes do Maranhão - ASLEAMA 
Membro da Academia de Letras de Barreirinhas - Maranhão