sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

O DIA EM QUE LIMPEI SEUS ÓCULOS - Por Francisca Girlene


Os óculos são instrumentos que ampliam a visão; o amor também. Outro dia, quando eu estava limpando seus óculos, constatei que estava segurando ali, em minhas mãos, uma parte tão importante sua que exigia de mim um cuidado e uma responsabilidade muito grande. Aquilo me deixou radiante com essa nova função. 

Quem usa óculos de grau, provavelmente, já sofreu ou sofre com algum desconforto por usá-los. Eu perdi as contas de quantas vezes reclamou da poeira, do vento e dos pingos de água que embaçavam as lentes e o impedia de fazer coisas simples como: ler, dirigir o carro, cozinhar, ir à praia ou até mesmo dar um simples beijo romântico lhe exige algumas habilidades extras. 

Lembro-me bem, quando falava do perrengue danado que sofria cada vez que tomava chuva, pois precisava decidir rapidamente entre tirar os óculos e não enxergar nada ou continuar com eles e enxergar menos ainda. E de quando, levantava no meio da noite para ir ao banheiro - sem bater nas coisas - e tinha que colocá-los em local estratégico ou fazer um esforço para encontrá-los.  

Quem me conhece sabe, que para mim, rapazes que usam óculos são os mais atraentes. Independente da armação, os óculos os deixam com carinha de intelectual, elegantes e bonzinhos. Mas   você meu amor, os óculos te deixam lindo. Um charme só!

3 comentários:

  1. Que mulher apaixonada meu Deus. Muito criativo seu texto.

    ResponderExcluir
  2. Vendo dessa forma. Um Charme mesmo.

    ResponderExcluir